PORTAL OESTE NEWS

PORTAL OESTE NEWS
O RN PASSA POR AQUI! - A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DO RN, COM 12 BLOGS E 988 LINKS CRIADO A 28 DE DEZEMBRO DE 2008, PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR # MOSSORÓ-RN

domingo, 7 de agosto de 2011

KITÉRIA CÂMARA DE OLIVEIRA - MISS DE LUCRÉCIA - RN

Kitéria Câmara de Oliveira, 20 anos, filha de Francisco Antônio de Oliveira e Maria José Câmara de Oliveira, é cidadã Lucreciensse, onde sempre mostrou seu desempenho e garra conquistando seus objetivos - dentre eles elevar o nome da cidade Lucrécia participando de um concurso de beleza a nível estadual.

Em 2003 foi eleita a garota New Face, em Lucrécia. O concurso procurava revelar novos talentos. Desde então, participa sempre de concursos de beleza, como por exemplo, o Miss Natal 2010 representando a Campos Consultoria.

FONTE: SITE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCRÉCIA

O Prefeito Walter Araújo, no dia 27 de dezembro de 2009, nomeou-a 1ª Miss Lucrécia e com o título representou a cidade no concurso estadual de Miss RN 2010, no dia 17 de março, com grande desenvoltura.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

CRAS DE LUCRÉCIA



Implantado desde o início da gestão do Prefeito Waltinho, o Centro de Referência em Assistência Social - CRAS Amaro Bandeira de Araújo, fruto da parceria entre a Prefeitura, Governos Estadual e Federal, vem desenvolvendo uma verdadeira revolução no atendimento social do município. Com funcionários capacitados e contando com uma equipe de psicológo, assistente social e nutricionista, O CRAS Amaro Bandeira de Araújo, localizado na Rua José Bezerra, s/n, Bairro Bandeirantes, na cidade de Lucrécia possui instalações modernas e adequadas ao apoio social, inclunido uma brinquedoteca.

O CRAS é administrado pela Prefeitura de Lucrécia, através da Secretaria de Assistência Social.

CRAS são unidades de execução dos serviços de proteção social básica destinados à população em situação de vulnerabilidade social, em articulação com a rede socioassistencial.
Serviços e atividades para toda a família
Destinados aos usuários da assistência social, ou seja, à população em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação ou fragilização de vínculos afetivos, os serviços e atividades visam prevenir as situações de risco, reforçar o principal papel da família como referência para cada um de seus integrantes e fortalecer seus vínculos internos e externos.
Modalidades de Serviços
As ações de proteção social básica, desenvolvidas nos CRAS e em suas áreas de abrangências, compreendem:
Cadastro Único - registro de informações que serve como referência para a participação em programas sociais de concessão de benefícios, tais como: Bolsa Família, PETI, ProJovem, Tarifa Social - Energia Elétrica, Carteira do Idoso - Transporte Interestadual.

Atendimento social - acolhida e entrevistas; visitas domiciliares; concessão de benefícios eventuais como cesta básica, vale-transporte e fotos para documentação; elaboração do plano de ação de cada família; acompanhamento das famílias, com prioridade às beneficiárias dos Programas de Transferência de Renda; busca ativa das famílias prioritárias nos serviços e articulação / encaminhamentos para a rede socioassistencial.
Ações socioeducativas - para crianças e adolescentes, jovens, adultos e famílias, pessoas idosas e lideranças comunitárias. Acontecem a partir da participação em grupos de famílias e ou indivíduos nas atividades educativas, de convivência e de incentivo ao protagonismo.
Qualificação profissional - ações de capacitação para desenvolvimento pessoal e ampliação das oportunidades de geração de trabalho e renda, contribuindo para o alcance do desenvolvimento sustentável de famílias e indivíduos. São cursos oferecidos nos CRAS, nos Centros de Qualificação Profissional - Liceus de Ofícios e em outros locais, que são disponibilizados por parcerias conveniadas.
Outros serviços e projetos complementares
Grupos específicos, como crianças ou jovens, participam de projetos realizados em parceria com órgãos governamentais ou não governamentais, envolvendo a participação da comunidade. Acontecem em diversas áreas e podem ser desenvolvidos em outros locais.
Dias e horários de atendimento ao público nos CRAS:
Rua José Bezerra, Bairro Bandeirantes, Lucrécia/RN: segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

HIDTÓRICO

A comunidade de Lucrecia foi fundada pela Negra Lucrecia, em 1910. Em 1º de julho de 1932, a pequena localidade deu um importantíssimo passo para o seu desenvolvimento e progresso, nessa data teve início a construção, pelo Governo Federal, através do DNOC, a construção, cuja obra foi inaugurada pelo presidente Vargas em 14 de setembro de 1933, com capacidade para armazenar 27 milhões, 270 mil metros de metros cúbicos d’água. Essa obra, feira na área do rancho da negra Lucrecia, chegou a ocupar o trabalho de cerca de 2 mil e 500 homens. No dia 1º de abril de 1937, o Interventor Federal do Rio Grande do Norte, criou a primeira escola estadual da comunidade, através do Decreto nº 252/37. Em 11 de maio de 1962, a povoação de Lucrecia conquistou à categoria de Distrito Administrativo (Vila), mediante a Lei nº 2.791/62. Em 6 de janeiro de 1955 a povoação ganhou uma agência dos Correios.

VILA

LEI

EX-PREFEITOS


O Poder executivo de Lucrécia teve início a 20 de fevereiro de 1964, quando o senhor Zenildo Duarte, nomeado pelo governador Aluízio Alves, instalou o município recém criado, cuja emancipação política ocorreu através da Lei nº 3.040, de 27 de dezembro de 1963, desmembrado do de Martins. Em 25 de janeiro de janeiro de 1965 ocorreu a primeira eleição municipal no município, com a finalidade de eleger o prefeito, vice-prefeito e os vereadores. Para prefeito, foi eleito o senhor Raimundo Duarte de Carvalho, que tomou posse em 1º de fevereiro de 1965. A energia elétrica de Paulo Afonso na cidade em 22 de janeiro de 1971.


PREFEITOS:

# Interino

= Zenildo Duarte

Posse em 20/02/1964

# CONSTITUCIONAIS:

1 – RAIMUNDO DUARTE DE CARVALHO

Eleito em 25/01/1965

Posse em 01/02/1965

Posse em 31/01/1965

2 – Eliziário Correia

Eleito em 15/11/1969

Posse em 31/01/1970

3 – Albaniza Freitas Suassuna

Eleita em 15/11/1972

Posse em 31/01/1972


4 – Amaro Bandeira de Araújo

Eleito em 15/11/1976

Posse em 31/01/1977

VICE – Severino Dantas da Silva

Natural de Martins-RN, nascido a 25 de junho de 1944, filho de Manuel Bandeira Moura e Josefa Maria das Virgens. Casado com Maria José de Araújo, com os seguintes filhos: Vagner, Maria Wagneide, Maria da Conceição, Antonio Walter, Maria do Socorro, José Wandenberg. Vivendo da agricultura, profissão ensinada pelo seu genitor. Em 1976 passou a exercer a profissão de tesoureiro da prefeitura municipal de Lucrecia, nomeado pela prefeita Albaniza Siassuna, posteriormente chefe da UMC e Secretário. Em 15 de novembro de 1976 foi eleito prefeito de Lucrecia, tendo como companheiro de administração o senhor Severino Dantas da Dantas. Em 15 de novembro de 1988 foi novamente eleito prefeito de sua terra natal, e teve como vice-prefeito o senhor Zenilson Cândido Fonseca (1954 – 26/05/2002).

5 – Severino Dantas da Silva

Eleito em 15/11/1982

Posse em 31/01/1983

6 – Amaro Bandeira de Araújo

Posse em 15/11/1988

Posse em 01/01/1989

VICE – Zenilson Cândido Fonseca

7 – Zenilson Cândido Fonseca

Outubro de 1992

ZENILSON CÂNDIDO FONSECA, NATURAL DE Martins-RN, nascido no ano de 1954 e assassinado no dia 26 de maio de 2002, homicídio registrado no sítio Gangorra, município de Lucrecia. Em 15 de novembro de 1988 ele foi eleito vice-prefeito na chapa encabeçada pelo prefeito Amaro Bandeira. Seis meses antes do final do mandato, Amaro Bandeira se afastou do cargo por questão de saúde, e Zenilson assumiu a prefeitura. Em 1992, Zenilson se candidatou a prefeito e perdeu para Severino Dantas, Em 3 de outubro de 1996, obteve 118 votos e se elegeu vereador. Em 2000 tentou a reeleição, obtendo apenas 80 votos, ficando na 2ª suplência. Em 2001 havia assumido por seis meses o cargo de vereador, em substituição ao vereador Francisco Duarte. Com a saída da vereança foi convidado pelo prefeito Severino Dantas para ocupar a pasta da Secretaria Municipal de Urbanismo. Era casado com Ana MARIA Medeiros da Fonseca

8 – Severino Duarte da Silva


Eleito em 03/10/1992

Posse em 01/01/1993


9 – Francisco Wagner Gutemberg de Araújo

Eleito em 6/10/1997

Posse em 01/01/1997

VICE – Ivo Dantas de Oliveira

10 – Francisco Wagner Gutemberg de Araújo

Reeleito em 2000

Posse em 01/01/2001

Obs.: em 2003 Wagner Araújo passa o comando do poder executivo de Lucrecia ao seu vice prefeito, Severino Dantas, tendo em vista ter assumido uma secretaria estadual no governo de Vilma de Faria. Filho de Amaro Bandeira de Araújo e de Maria José de Araújo.

11 – SEVERINO DANTAS DA SILVA

Reeleito em 01/10/2004, tomou posse em 1º de janeiro de 2005.




Severino Duarte da Silva, administrou Lucrecia em quatro mandatos: Eleitos em 1982, 1992, 2000 e reeleito em 2004. Natural de Umarizal-RN, nascido a 1º de junho de 1952, filho de Francisco José da Silva e Gercina Dantas da Silva. Casado com Maria Helena Pimenta de Almeida Dantas e pai de quatro filhos. Seus pais, com quem viveu uma infância feliz e rica de amor, chamam-se. Em 1964 cursou o primário, a quinta série na cidade de Lucrecia e o Ginásio em Alexandria. O curso cientifico teve início na cidade de Mossoró na Escola Técnica do Comércio e no Colégio Estadual de Mossoró. Concluindo o segundo grau, atual ensino médio. Tentou vestibular para medicina, não foi aprovado, mas teve aproveitamento para enfermagem, não aceitou. Quando da abertura da Faculdade de Veterinária da Paraíba foi o primeiro a se inscrever, aprovado entre os primeiros. Seu curso foi concluído na Universidade Veterinária Federal Rural de Pernambuco. Médico veterinário, seu sonho e também de seu velho pai, partiu para exercer a profissão em sua região. Não foi possível. Chegou o Doutor da terra, tem que ser prefeito. Foi o que aconteceu. Primeira foi candidato a vice- prefeito, eleito em 15 de novembro de 1976, na chapa encabeçada por Amaro Bandeira de Araújo. Em 1982 candidatou-se apontado por seu amigo Amaro Bandeira de Araújo, ex prefeito de Lucrecia e em 15 de novembro foi eleito. Em 1992 conquistou seu segundo mandato. Em 2000 foi candidato a vice prefeito na chapa encabeçada por Francisco Wagner Gutemberg de Araújo, filho de Amaro Bandeira e Maria José de Araújo, ambos vitoriosos. Em 2003 o titular foi chamado pela Governadora Vilma de Faria para assumir uma secretaria estadual, passando o cargo para o vice Severino Dantas, automaticamente conquistou seu terceiro mandato. Em 2004 ele foi reeleito prefeito de Lucrecia passando para a história da política potiguar como um dos poucos a conquistar quatro mandatos de prefeito.
















ATUAL ADMINISTRAÇÃO

PREFEITO
ELEITO EM 05/10/2008
POSSE EM 01/01/2009
ANTONIO WALTER DE ARAUJO , natural de Patu, nascido a 9 de setembro de 1973, servidor público estadual, com,1.761 votos, equivalente a 69,71 por cento.
Vice:
JOSELENA REGIS PATRÍCIO, natural de Umarizal, nascida a 20 de julho de 1966, servidora publica municipal.
CANDIDATOS DERROTADOS:
VAGNER CAVALCANTE SOARES, natural de Lucrécia,, nascida a 2/7/1967, com 765 votos, equivalente a 30,29 %
VICE
MANUEL MAIA DE OLIVEIRA, Lucrécia, nascida a 13/9/67.

Quem sou eu

Minha foto
SOU O STRR PMRN JOTA MARIA, NASCIDO NA CIDADE DE MOSSORÓ-RN.AQUI OS OESTANOS VÃO CONHECER A HISTÓRIA DOS MUNICÍPIOS DA MESORREGIÃO . OESTE POTIGUAR. TENHO O MAIOR ORGULHO DE SER MOSSOROENSE E OESTANO DO RIO GRANDE DO NORTE. SOU SOU TORCEDOR DO BARAÚNAS, O MAIS QUERIDO DE MOSSORÓ E INTERIOR DO RIO GRANDE DO NORTE

Minha lista de blogs